Portal Tio Hugo

Cotrijal Perspectivas 2021: um horizonte de otimismo

Por Administrador em 28/01/2021 às 15:47:56
Davi Augusto: amor às atividades da propriedade desde a infância.

Davi Augusto: amor às atividades da propriedade desde a infância.

O ano de 2021 inicia cheio de expectativas positivas. O desejo de que a vida "volte ao normal" é coletivo. Independente do que vai acontecer, uma coisa é certa: acompanhar o que est√° acontecendo no mundo e fazer o melhor planejamento dentro da porteira tornou-se essencial para quem produz alimentos.

As doces lembran√ßas da inf√Ęncia entre lavouras e rebanhos geralmente caminham junto com adultos que decidiram dar sequ√™ncia a um of√≠cio que ultrapassa gera√ß√Ķes. Seja por intermédio dos pais, seja pela influ√™ncia de avós ou tios, n√£o raro, a paix√£o pela lida no campo vem de ber√ßo.
O casal Inelson Enir Fioreze e Andrea Scheffler Ruppenthal, que trabalham com pecu√°ria de leite em Vista Alegre, no interior de Colorado, procuram transmitir ao pequeno Davi Augusto Ruppenthal Fioreze, de 2 anos, o afeto pela miss√£o de proporcionar alimentos a uma crescente popula√ß√£o. Ao acompanhar as atividades desenvolvidas na propriedade, a expectativa é de que Davi, quem sabe, possa dar sequ√™ncia à ocupa√ß√£o exercida pelos pais.
Trabalho que, cada vez mais, ser√° demandado mundo afora. Isso porque, segundo a Organiza√ß√£o das Na√ß√Ķes Unidas (ONU), ao final da década de 2050, a popula√ß√£o mundial variar√° entre 9,3 e 10,6 bilh√Ķes de pessoas.
Vai ser preciso unir esfor√ßos e tecnologia para dar conta da produ√ß√£o de alimento suficiente. S√£o ainda cerca de 30 anos até a confirma√ß√£o de tais proje√ß√Ķes, mas, o ineg√°vel, é que algumas mudan√ßas j√° come√ßaram, inclusive, impulsionadas pelo momento at√≠pico desencadeado pela pandemia da COVID-19.

E O QUE ESPERAR DE 2021?

Talvez a resposta dessa pergunta seja o grande desejo de muitos. Ainda mais depois de um desafiador 2020. "A produtividade, por enquanto, est√° muito incerta. O valor da soja est√° ótimo para quem est√° comercializando, mas, também, temos que considerar que os pre√ßos dos insumos aumentaram. É uma grande incógnita", comenta o produtor rural Rafael Dalmina, que cultiva gr√£os, em fam√≠lia, em cerca de 950 hectares na regi√£o de Água Santa.

Andrea e Inelson: bem planejados para o novo ano.

Associado da Cotrijal desde que a cooperativa instalou unidades na regi√£o, h√° cerca de 5 anos, o produtor afirma que um dos anseios é continuar modernizando o maquin√°rio, com o objetivo de aperfei√ßoar a rela√ß√£o custo-benef√≠cio. A tecnologia é uma grande aliada: "Estamos tentando trabalhar com GPS e implementar mais plantadeiras com taxa vari√°vel. Também trabalhamos com a agricultura de precis√£o em parceria com a cooperativa. O desejo é sempre melhorar", conta.

Para Anderson Galv√£o, diretor da Céleres Consultoria, o cen√°rio de precifica√ß√£o da soja e do milho continuar√° bastante positivo, o que acaba exigindo um bom planejamento produtivo por parte do produtor rural, a fim de aumentar a produtividade. Além disso, também h√° a expectativa de aumento nas demandas de gr√£os vindas da China. "Os agricultores devem aproveitar essas oportunidades," complementa.

LEITE: O MELHOR TRABALHO DENTRO DA PORTEIRA

As d√ļvidas que pairam sobre a produ√ß√£o de gr√£os também se refletem na pecu√°ria de leite. "Em termos de consumo final, temos uma enorme incerteza em fun√ß√£o da prov√°vel retirada do aux√≠lio emergencial (que ajudou na sustenta√ß√£o da demanda em 2020) e da recupera√ß√£o econômica do pa√≠s, que depende de v√°rios fatores e, inclusive, de uma solu√ß√£o mais definitiva para o tema da COVID-19", explica Valter Galan, sócio do MilkPoint Mercado.

Rafael Dalmina: Com a Cotrijal para avançar
Com rela√ß√£o à produ√ß√£o, ele pontua que poder√£o existir maiores dificuldades no Sul, em fun√ß√£o da seca de 2020 e das dificuldades em produ√ß√£o de alimento (silagem de milho) em boa quantidade. "Por outro lado, os pre√ßos do leite terminaram o ano de 2020 em patamares elevados, o que pode estimular a produ√ß√£o ga√ļcha e em outras bacias, como a de Minas Gerais e de Goi√°s" analisa.


Confira a entrevista com Valter Galan, que foi ao ar durante o programa O Encontro de Domingo


JORNAL DA COTRIJAL - Quer ter acesso à reportagem completa? Acesse a edi√ß√£o de janeiro do Jornal da Cotrijal.

Fonte: Assessoria de Imprensa e Marketing da Cotrijal

Comunicar erro
ANUNCIE 2
ANUNCIE